Buscar
  • Revista Traços

Amor, obra de arte

Marina Alexiou, São Paulo - SP

Uma bela e doce mulher

A tecer com fios de ouro a sutura do próprio labirinto.

Esse brilho de ardente aurora ilumina as sombras que envolvem o seu horizonte.

Onde o vento quente do outro lado da estrada a aguarda,

E antigas canções de amor embalam os passos no caminho.

As cicatrizes, agora preenchidas, formam desenhos resplandecentes nos recônditos da sua concha de Afrodite.

Renascimento em rósea perspectiva celeste,

Reflexos dourados nas delicadas costuras.

A vestir com uma nova psiquê

Essa bela e doce mulher...

32 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Meu verbo