Buscar
  • Revista Traços

Vento de estrelas


O Carmo Bráz de Oliveira, lá de Foz do Iguaçu, mandou para nós o poema Vento de Estrelas.

Não esqueça: as inscrições para a seleção da 2ª edição da Revista Cultural Traços vão até o dia 10 de maio. Corra, envie seu trabalho, mostre a sua arte e faça a cultura girar.


Vento de estrelas


Ainda te vejo como ontem

Pretérito imperfeito

Enigma das minhas desculpas

Despertar de pesadelo

Meu mundo azul

Silenciosas sentenças

Inacessível

Imperceptível presença

Tola crença

Das horas vazias

Confissões tardias

Eterna espera

Chegada

não consumada

vivendo tua pele

teu corpo escada

dirigível

pensamento impassível

etéreo

vento de estrelas.


Página do Autor: https://www.recantodasletras.com.br/autores/carmobraz

64 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Assim